Você já ouviu falar em “ter um rosto assimétrico”? A diferença entre os lados da face geralmente se apresenta de uma forma suave, não sendo notada pelo paciente e nem pelas pessoas do seu convívio. Quando identificada, ela geralmente está relacionada com algum problema funcional. Contudo, isso pode gerar insegura e afetar diretamente a autoestima.

Odontologia e assimetria facial

Cada caso precisa ser tratado conforme o desagrado do paciente. Nos casos de vícios de mastigação, por exemplo, muitas vezes é necessária a correção óssea para que o encaixe da mandíbula volte ao perfeito encaixe. Esse ajuste se reflete na maneira que o nosso rosto é visto.  Em outros casos, tratamentos como aparelho ortodôntico ajudam a solucionar a questão.

Aparelho ortodôntico

O ajuste da posição dos dentes e da mordida, resultam em uma melhora dessa assimetria. A odontologia oferece diversos modelos desde os tradicionais aos mais discretos para você retomar a funcionalidade dos dentes e recuperar sua autoestima.

Cirurgia

Para casos mais graves, existe a indicação da cirurgia ortognática, que retoma a parte funcional realizando a correção dos ossos da face.

Harmonização facial

Essa técnica tornou-se popular nos últimos anos. Voltada para a parte estética, e visa preencher deformidades e corrigir imperfeições leves na pele. Mas lembre-se toda e qualquer decisão deve ser acompanhada por um cirurgião dentista. Ele saberá o melhor tratamento para você.

Não fique com dúvidas, ligue 0800.600.3130 ou nos chame no instagram no @sorrifacil.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *